Posts para » Tecnologia da Informação

View it, code it, jam – unlock it

O título deste texto é o trecho de uma música do Daft Punk chamada Technology. Ela remete ao senso de fazer muitas coisas em um tempo curto, de maneira automática. Fazer agora e rápido. É uma chamada para agir.

No começo dos anos 2000, a linguagem de programação .NET estava nos seus primeiros passos. Até aquele momento, era comum encontrar programas feitos com Visual Basic 6.0 ou ASP. Olhando para trás, fica a pergunta de como era possível se desenvolver sistemas em um ambiente tão limitado.

Coisas que parecem simples hoje em dia, como campos autocomplete, eram praticamente impossíveis, fazendo com que o desenvolvedor tivesse que gastar tempo tentando resolver isto. Como tempo é algo limitado e existe muita pressão por entrega no departamento de TI, este tipo de atividade era quase sempre deixado de lado. Leia mais…


Plataforma como serviço: a única preocupação é desenvolver o software

Focar no desenvolvimento de software sem se preocupar com outras questões, como infraestrutura, passou a ser o objetivo de empresas onde os recursos são limitados e os esforços devem estar voltados a trazer resultados para o negócio.

Quando uma empresa, principalmente as pequenas, pensam em construir um software, seja ele qual for, um dos grandes entraves são os custos de infraestrutura pois eles envolvem aluguel ou compra de servidor e mão de obra para operá-lo.

O termo IaaS (Infraestrutura como serviço, em inglês) começou a ser difundido até pouco tempo atrás, onde se paga pelo uso da infraestrutura, deixando a manutenção do sistema operacional com o usuário/desenvolvedor, o que em alguns casos ainda dispendia trabalho desnecessário. Agora, provedores de serviço começam a focar em PaaS (Plataforma como serviço, em inglês). Leia mais…


Os desafios de desenvolver aplicações para celular

Desenvolvimento de aplicacoes para celular não é uma tarefa simples. Além da tecnologia ainda ser um pouco desconhecida, os desenvolvedores precisam lhe dar com outro desafio: os sistemas operacionais diferentes em cada aparelho.


Para aqueles que desenvolvem e gerenciam software, a grande oferta de fornecedores de celular no mercado, que ajuda aos consumidores, gera um enorme problema. Qualquer desenvolvimento, no mínimo, deverá considerar o sistema feito 2 vezes: uma para Apple outra para Android (Google). Se o projeto for ainda mais abrangente, Windows e Blackberry deverão ter suas versões também.

Em outras palavras, isso quer dizer que o mesmo software deverá ser escrito quantas plataformas ele for distribuído.

A troca de linguagem de programação não é simples pois cada uma tem sua maneira de se estruturar, particularidades na arquitetura e, além disso, qualquer desenvolvimento de funcionalidade nova ou correção de problema deverá ser feita em todas as versões.

Isso contribui muito para as limitações no desenvolvimento atual, gerando uma demanda vertiginosa sobre o departamento de tecnologia. Leia mais…


Todos são responsáveis na segurança dos sistemas

Durante muitos anos, a questão sobre segurança em TI esteve limitada aos profissionais da área. Eles eram responsáveis por criar políticas de senha, verificar possíveis frestas na rede da empresa e corrigí-las. Hoje, com tantos sistemas disponíveis na web, esta situação está mudando.

Quando as empresas passaram a liberar acesso a seus sistemas via web até hoje, onde sistemas em nuvem podem estar em rede pública, o item segurança passou a chamar a atenção não só dos profissionais de TI, mas todos os envolvidos, inclusive os usuários.

Os dados destruidos por um hacker geralmente podem ser recuperados utilizando backups. O problema, no entanto, é mais grave quando são publicadas informações sigilosas na internet, como saldo bancário dos correntistas, estratégia comercial da empresa, entre outros. Leia mais…


Big data – Como aproveitar melhor toda informação disponível

O mundo de TI é cheio de novos termos. Um dos mais atuais é o Big Data. Da hora em que acordamos até dormir, nós deixamos uma quantidade enorme de informação por onde passamos, e as empresas estão cada vez mais interessadas nelas.

Os sistemas de Business Intelligence (Inteligência de Negócios) atuais são muito úteis para ajudar as empresas a conhecerem seus consumidores, vender mais e ser mais eficientes. A questão é que cada vez mais informação é disponibilizada e de maneira mais rápida, o que demandou grandes processamentos com o dado armazenado e, se possível, em tempo real.

Isso acabou criando um gargalo na infraestrutura de TI, já que mais informação precisa ser trabalhada com menos tempo. Assim como os encanamentos de uma casa tem limites para a quantidade de água transportada, a tecnologia também tem limitações de capacidade.

Pensando nisso surgiu o conceito de Big Data, onde hardware e software trabalham de maneira a analisar volumes expressivos de dados com intuito de fornecer novos e mais precisos resultados. Leia mais…


Khan Academy lança “O futuro da educação em ciências da computação”.

Para educadores que lutam para motivar mais estudantes a desenvolver assuntos relacionados a tecnologia, a Khan Academy tem uma nova abordagem.

“Ciência da Computação é uma área intensamente criativa”, diz Shantanu Sinha, presidente da Khan Academy , que deu ao TechCrunch uma amostra exclusiva sobre o seu portal de educação, um novo modelo que ensina fundamentos de Ciência da Computação através de desenho interativo. “Nós realmente queríamos focar na criação de algo que poderia inspirar os jovens e levá-los entusiasmados e motivados para explorar CS ainda mais.”

O design interativo do portal é um grande passo evolutivo para um site que já foi quase inteiramente baseado em palestras do YouTube ( com mais de 178 milhões de visualizações).

Leia mais…


Minha experiência com Windows Azure

Logo que iniciamos os estudos sobre a melhor maneira de executarmos o portal da Pratica One, há 2 anos,  já estava claro que o caminho seria a computação em nuvem. Precisávamos de um servidor operante, pequeno e que pudesse ser expandido rapidamente, além de ser barato.

Depois de analisarmos infraestrutura, arquitetura e o custo, decidimos usar a nuvem da Microsoft, onde o Windows Azure é o responsável por armazenar e executar o software e o SQL Azure por hospedar o banco de dados.

No começo tudo era bastante confuso. Não era como se eu estivesse administrando um ambiente Windows pela web. Era um ambiente completamente novo.

Naquela época a plataforma Azure estava iniciando. Os recursos para gerenciar a nuvem eram poucos e limitavam o dia-a-dia.

Leia mais…


O que é interação logística?

Talvez em algum momento você já tenha se perguntado: como interagir mais com meus parceiros de transporte? E se, juntos, pudéssemos compartilhar o que for possível: tarefas repetidas, atualizações etc?

Foi com o propósito de facilitar a vida do transportador e embarcador que a Pratical One começou a desenvolver uma plataforma web, onde é possível reunir, no mesmo lugar, todos os envolvidos no transporte de carga.

Tarefas que antes cada parceiro tratava separadamente podem agora ser compartilhadas. Por exemplo: toda vez que o embarcador quer fazer uma reserva, ao invés de enviar e-mail ou telefonar, ele pode fazer isto diretamente pelo portal. Ao receber a informações, o transportador pode importar os dados para seu sistema interno ou trabalhá-lo dentro do próprio portal.

Isso gera economia de tempo, já que não será preciso refazer o processo. Também gera mais segurança, pois quanto menos a informações é manipulada, menor a chance de erro.

Existe ainda outro fator: com as atualizações feitas no sistema, todos ficam na mesma página, sabendo igualmente de todos os detalhes. Isso ajuda aqueles que precisam agir o mais rápido possível, com base em dados confiáveis.

São estas interações que são criadas e estimuladas pelo portal da Pratical One. Elas reúnem, sob a mesma plataforma, todos os interessados no transporte de carga, onde a ação de um indivíduo provoca reação nos demais.


O que é computação em nuvem?

Armazene seu sistema na nuvem. Acesse seu e-mail na nuvem. Crie aplicativos na nuvem. É comum ouvir isto hoje em dia, mas, afinal de contas, o que é computação em nuvem?

O termo nuvem é muito comum em TI, pois sua representação é o símbolo gráfico da Internet. Os dados, que estão armazenados em locais nem sempre conhecidos, trafegam pela nuvem.

Se recordarmos a evolução da computação, os sistemas primeiramente funcionavam isolados, em cada máquina. Depois, passou para o conceito cliente/servidor, muito comum até hoje, onde todos acessam um banco de dados comum. Este acesso é feito por meio de um programa instalado ou pelo browser. Este modelo funciona quando a empresa possui recursos para investir, pois não é barato. Além de espaço físico e infraestrutura, a empresa precisa ter equipe para cuidar do datacenter. Ainda que o serviço possa ser terceirizado, o custo continua alto. Leia mais…


A importância de sistemas amigáveis

Uma das questões mais importantes para que o usuário goste e use um sistema, é o quão fácil ele consegue realizar o que precisa ou deseja.

É como se você quisesse dirigir por um caminho que não conhece.  As referencias que você tem para chegar até o destino, as placas que estão no caminho; tudo vai afetar sua experiência e contribuir na decisão de querer voltar ou não naquele lugar.

A mesma lógica pode ser aplicada no desenvolvimento de sistemas. Quanto mais fácil para o usuário trafegar por ele, sabendo qual o caminho está percorrendo, como agir no caso de dúvidas, são fatores que contribuem decisivamente para que o usuário adote ou não a ferramenta. Leia mais…