Posts para » Exportação

O que faz o Despachante Aduaneiro no comércio internacional

O Despachante Aduaneiro ou Ajudante de Despachante Aduaneiro é função exercida por pessoa física com registro mantido pela Receita Federal do Brasil. É o profissional que representa o exportador e importador perante o poder público no que concerne ao desembaraço de produtos exportados e importados. Pode ser o próprio empreendedor ou fazer parte do quadro funcional de um prestador de serviços logísticos, de um exportador ou de um importador.  importexport

O universo de atuação do despachante aduaneiro é bastante vasto. Além de interlocutor entre exportador ou importador e o órgão de governo, ele tem a função de preparar e assinar documentos, verificar o enquadramento tarifário da mercadoria, providenciar o pagamento de impostos e taxas, obter documentos via sistema aduaneiro (Siscomex) para o registro de exportação, licenças de importação, emissão de certificados, firmar termos de responsabilidade, assumir compromissos necessários ao cumprimento do procedimento fiscal do despacho aduaneiro, entre outros. Leia mais…


A queda da Hanjin e a instabilidade na navegação global

Por um momento parecia que as melancias haviam se acomodado até que em final de agosto foi anunciado o colapso financeiro da Hanjin. Do qual não se espera outra coisa que não a falência. hanjinamerica

Ao final de setembro, haviam 44 navios retidos ou arrestados, por risco de arresto no primeiro caso e por falta de garantias de pagamento de sua operação para o segundo. Muitos contêineres a bordo dos navios têm sua entrega incerta ou exigirão que o dono da carga assuma custos adicionais para resgatar seu produto ou transferir a carga para outro armador e seguir a viagem.

É sem dúvida, um momento de muita turbulência, de muitas preocupações em especial para as cargas em navios e contêineres da Hanjin. Situação essa que já levou à redução da oferta de espaço e consequentes aumentos de fretes em alguns tráfegos globais. Leia mais…


O uso da tecnologia na busca do cliente internacional

Um dos grandes desafios para quem está ou tem a intenção de se inserir no comércio internacional é encontrar um comprador ou um fornecedor qualificado. Há um leque de ações ancoradas em entidades associativas setoriais, sejam regionais ou nacionais, que buscam agregar valor com estudos detalhados de mercado, visando auxiliar no processo de internacionalização de empresas. porto-de-santos_17jun14

Tomando o número de micro e pequenas empresas industriais no Brasil de 1,2 milhões, constata-se que apenas cerca de um por cento exportam o que mostra que o país está longe de olhar para fora, está longe de qualquer coisa que possa ser chamada de uma cultura exportadora.

Pequenas empresas, com seu produto consolidado no mercado nacional, são candidatas naturais a ampliar o bolo de clientes para um número de prestadores de serviços do comércio internacional de exportação e importação. Embora o Brasil ainda seja um dos países mais fechados do mundo, é inútil esperar que fazendo sempre as mesmas coisas, os resultados serão diferentes, como já dizia Einstein. Leia mais…